quinta-feira, 24 de maio de 2018

SOLIDARIEDADE

Por Phelipe Emanoel - Via redes sociais dando suporte a família
NOTA DE PESAR
Neste dia 23 de maio de 2018, recebemos a triste notícia da confirmação do assassinato de Jhey Oliveira, estudante do IFCE Iguatu e militante do Levante que estava desaparecido desde o último dia 18 de maio.
Jhey foi um grande Lutador do Povo, que nunca abriu mão de lutar em defesa da juventude brasileira e pelo fim de todas as opressões - em especial à população LGBT, do qual dedicou sua vida a luta pelo direito a liberdade, ao amor e pelo fim de todas as formas de preconceito.
Construía a Coordenação Estadual do Levante Popular da Juventude, organização que fazia parte desde 2013.
Nós do Levante Popular da Juventude jamais esqueceremos Jhey Oliveira, honraremos sua memória continuando incansavelmente sua luta até que toda a juventude seja livre para amar e sonhar.
À família e amigos, toda a solidariedade do Levante Popular da Juventude, neste momento difícil e de imensa tristeza. Aos nossos mortos nenhum minuto de silêncio, mas toda a vida de Luta!
Jhey Oliveira, presente! "Muito além de ser só carne, eu sou amor
Muito mais do que reféns do preconceito
Nós somos o grito e o batuque no peito
Do mais sincero e liberto amor." 

23 de maio de 2018
Levante Popular da Juventude.

Jovem que estava desaparecido é encontrado morto na zona rural de Iguatu - CE



O corpo de um jovem de 25 anos, que estava desaparecido foi encontrado no início da tarde hoje (quarta-feira, 23) no sítio Canto, distrito de Suassurana, na zona rural de Iguatu. A informação foi confirmada pelo delegado de Polícia Civil Marcos Sandro, um dos responsáveis pela investigação.

De acordo com informações da Polícia, Jheyenderson  de Oliveira Xavier, que era estudante de serviço social, estava desaparecido desde a sexta-feira (18) e foi visto pela última vez ao lado de um dos suspeitos do crime caminhando pela Avenida José Holanda Montenegro, por volta das 19 horas. As imagens da dupla foram capturadas por câmeras de um circuito de videomonitoramento instalado no local.

Após tomar conhecimento do caso, Policiais Civis da Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu iniciaram uma ampla investigação, e no início da tarde de hoje conseguiram chegar ao local onde estava enterrado o corpo do estudante. Duas pessoas foram presas acusadas de envolvimento no crime, uma delas um pai de santo, identificado por Gleudson Dantas Barros, de 30 anos.

De acordo com informações do delegado de Polícia Civil, Marcos Sandro, próximo ao local onde foi encontrado o corpo havia uma residência, de propriedade do outro suspeito, identificado por Roberto Alves da Silva, de 41 anos. Numa das dependências da casa a Polícia encontrou um revólver calibre 38, com duas cápsulas deflagradas. A tese é que a arma pode ter sido usada para assassinar a vítima.

Durante averiguações da Polícia no local, foi encontrada uma idosa de aproximadamente 90 anos, mãe do proprietário da residência. A polícia suspeita que o jovem Jhey Oliveira possa ter sido morto em ritual de magia negra, pois em uma das dependências da casa foi encontrado diversos materiais que apontam para rituais satânicos, como estátuas, livros de feitiçaria, e até um crânio humano acorrentado. 

Para encontrar o corpo do estudante, a polícia teve ajuda do pai de santo. O local, feito em forma de círculo, foi cavado e depois foi fechado e ‘batido’. "É um caso aterrorizante, e talvez um dos poucos já ocorridos no país", disse o delegado de Polícia Civil, Marcos Sandro Nazaré, um dos responsáveis pela investigação.

Os dois suspeitos foram ouvidos na Delegacia Regional de Polícia Civil e negam a autoria do homicídio. No depoimento eles apontaram o nome de mais três pessoas que possivelmente estariam envolvidas no assassinato da vítima.  

O corpo de Jheyanderson Oliveira foi levado para o Instituto de Perícia Fortense e em seguida liberado para sepultamento, ocorrido no final da tarde desta quarta-feira no cemitério de Senhora Santana, em Iguatu.

Roberto Alves da Silva



 Gleudson Dantas Barros

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Prefeitura de Angelim comunica suspensão de serviços e aulas serão repostas em momento ulterior decorrência da greve dos caminhoneiros

           Nota Oficial - Paralisação Nacional dos Caminhoneiros
A Prefeitura Municipal de Angelim, vem a público informar o seguinte:
É de conhecimento público a paralisação dos serviços de transportes realizados pelos caminhoneiros em todo o território nacional desde o último dia 21 de maio.
Em decorrência disso, a empresa responsável pelo abastecimento da frota Municipal encontra-se impossibilitada de prestar os seus serviços.
Deste modo, coube à Administração Pública proceder com a PARALISAÇÃO temporária dos veículos que compõem a frota do Município, ressalvados o SAMU, as ambulâncias e os demais utilizados na prestação dos serviços tidos como essenciais.
No tocante às escolas onde os alunos dependem exclusivamente do transporte escolar para chegar à respectiva unidade, informamos que as aulas serão repostas de acordo com calendário a ser elaborado pela Secretaria de Educação, em momento ulterior.
Por fim, ressaltamos que o uso da frota voltará à sua normalidade tão logo ocorra a normalização do fornecimento de combustíveis.
Angelim, 23 de maio de 2018
Márcio Douglas Cavalcanti Duarte - Prefeito

            Combustíveis quase em falta em Angelim
Os dois postos de combustíveis que funcionam na cidade, estão com seus estoques quase que zerados. Na tarde/noite desta quarta feira, registrou-se filas de veículos para o abastecimento praticamente de última hora. Segundo um dos funcionários de uma das  empresas, na manhã desta quinta-feira (24) não haverá mais os produtos para o devido abastecimento e não há previsão para reabastecimento por conta da paralisação dos caminhoneiros que afeta todo o país.
Em Angelim as pessoas estão se prevenindo, principalmente para não ficar sem o gás de cozinha, a procura já é grande, e a compra de legumes aumentou consideravelmente, como também, de água mineral em botijões. Arroz e feijão são bastante  procurados. 

Sr. CARIRI

ANGELIM SE EMBELEZA PARA COMEMORAR SEUS 87 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

A Prefeitura Municipal de Angelim, via a Secretaria de Infraestrutura, trabalha na substituição de lâmpadas antigas pelas de LED na principal avenida da cidade que envolve a praça São José. As lâmpadas são duráveis e eficientes, proporcionando uma redução de mais de 50 por cento no consumo de energia elétrica e o meio ambiente sofre baixo impacto. 
Em breve outras artérias da cidade receberão este benefício o que evita com maior probabilidade a ação de vândalos. 

Para uma moradora desta avenida (que não quis citar o nome) "o prefeito Douglas vem agindo com muita capacidade administrativa beneficiando a nós moradores e de noite aqui parece um dia de tão claro que ficou". Concluiu.
Um patrimônio público, a Praça Luminosa com sua fonte d'água, funcionando a todo vapor, agora é mais visitada, pois com  a nova iluminação, atrai mais visitantes. Tudo está iluminado.
Porém o trabalho continua. Homens estão dia e noite na labuta para concluir os serviços de iluminação pública bem antes das comemorações da grande festa do dia seis de junho, Emancipação Política da cidade-87 anos.


O prefeito Douglas Duarte assume compromisso, trocar as lâmpadas em pontos vulneráveis e nesta etapa de agora são investidos cerca de 20 mil reais com recursos próprios. "Rua iluminada é mais segura para mim, minha família, moradores e comerciantes, vale a pena investir na modernidade que gera segurança". Se explicou.

Sr. CARIRI
Com fotos: Josenildo Ferreira



MAIS UMA CONQUISTA DE DOUGLAS PRESTES AO ANIVERSÁRIO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA DE ANGELIM


Em Brasília desde a última segunda-feira,(21) onde participa da XXI Marcha dos Prefeitos, o Gestor de Angelim Douglas Duarte, se movimenta também pelos Ministérios e Gabinetes dos Parlamentares em busca de recursos para seu município.

MAIS UM ÔNIBUS ESCOLAR
Comprometido com a educação das gerações de angelinenses, quando em seu governo o ensino é destaque na região, Duarte, não mediu esforços e escolheu o modelo ORE 3 é o de maior capacidade, 59 pessoas, e fornecido com carroceria Marcopolo Sênior Escolar. 

O ônibus foi projetado para garantir maior conforto e segurança para os estudantes e manutenção mais fácil de menor custo operacional. O veículo tem tração 4x2 e Dispositivo de Poltrona Móvel (DPM).
Douglas aciona dispositivo
Imagem ilustrativa



Na quarta-feira 6 de junho de 2018, Dia Nacional do Teste do Pezinho, Angelim completa 87 anos de Emancipação Política, com grandes obras que serão entregues a população neste dia, e um grandioso show em praça pública.


Sr. CARIRI

















sexta-feira, 18 de maio de 2018

Todos os bispos chilenos pedem demissão por escândalo de pedofilia

Cúpula da igreja no país é acusada pelo Vaticano de ter negligenciado denúncias

O papa Francisco recebe no Vaticano o bispo Juan Barros, acusado de acobertar casos de pedofilia, durante encontro entre o pontífice e a cúpula da igreja no Chile - CTV/Associated Press
VATICANO
Todos os bispos chilenos apresentaram nesta sexta-feira (18) em Roma um pedido de demissão coletiva de seus cargos em resposta ao escândalo de pedofilia que atinge a Igreja Católica no país.
O Vaticano não divulgou ainda se o papa Francisco aceitou o pedido. Ele pode confirmar a demissão, recusá-la ou decidir individualmente sobre cada um. 
"Nós colocamos nossa posição na mão do santo padre e cabe a ele decidir livremente sobre cada um de nós", diz um comunicado assinado pelos 34 bispos do país —sendo 31 em atividade e três eméritos.   
Uma investigação do Vaticano, divulgada parcialmente nesta sexta, afirmou que a cúpula da igreja chilena é responsável por "graves erros" no modo como lidou com os casos de pedofilia. Por isso, os bispos já estavam em Roma para uma audiência convocada pelo papa Francisco sobre o caso.  
Eles são acusados de queimar documentos, ignorar denúncias e negligenciar vítimas, diz o documento de dez páginas, que teve parte de seu conteúdo divulgado pela imprensa chilena e depois confirmado pelo Vaticano. 
"Ninguém pode se eximir de culpa e colocar seu problema nos ombros de outros", diz o documento, que foi escrito pelo próprio Francisco a partir de uma investigação de 2.300 páginas feita a pedido do Vaticano por dois especialistas no combate a crimes sexuais.   
"Os problemas dentro da comunidade católica não serão resolvidos apenas lidando com casos individuais e os reduzindo ao afastamento de pessoas, apesar disso —e vou deixar claro— também ser necessário", escreveu o pontífice. "Mas não é suficiente, teremos que ir além. Seria irresponsável de nós não olharmos profundamente para nossas raízes e estruturas que permitiram que esses eventos ocorressem e se perpetuassem". 

Os bispos chilenos afirmaram que as conclusões do documento mostraram um comportamento "absolutamente deplorável" e "abuso de poder e de consciência inaceitável". Eles pediram desculpas às vítimas, ao papa e a todos os católicos e se comprometeram a trabalhar para reparar o dano causado.  
Francisco se disse "perplexo e envergonhado" com as descobertas e disse que o problema não está limitado a um grupo de pessoas, mas que decorre do treinamento que os religiosos recebem nos seminários. 
De acordo com ele, a investigação mostrou "graves problemas" no modo como os casos de abusos eram conduzidos, com investigações superficiais, mesmo em casos em que existiam fortes indícios de crimes. O resultado, disse ele, "criava um escândalo para todos que denunciavam e para quem conhecia as vítimas". 
Em outros casos, segundo o pontífice, os bispos e os líderes de ordens religiosas foram negligentes e incapazes de proteger as crianças dos pedófilos. 
O documento mostra que padres acusados eram expulsos das congregações por conduta imoral, mas tinham "a absoluta gravidade de seus atos criminosos minimizadas, atribuídas a meras fraquezas ou lapsos morais". Mas depois, disse Francisco, essas mesmas pessoas "eram recebidas de braços abertos em outras dioceses, de maneira evidentemente imprudente, e recebiam funções paroquiais nas quais tinham contato com crianças". 
Assim, o comportamento da igreja chilena espelha o que ocorreu em outros países que foram atingidos por casos de pedofilia contra padres. Em diversas ocasiões, o acusado do crime acabava apenas transferido de local, mas a denúncia não era investigada e as autoridades não eram informadas.

ESCÂNDALO

O escândalo de pedofilia no Chile abalou o apoio à igreja no país e atingiu a imagem do próprio papa. A polêmica começou em 2015, quando o pontífice decidiu nomear como bispo o religioso Juan Barros, apesar de acusações de que ele teria ajudado a acobertar casos de abusos sexuais contra crianças cometidos por seu mentor, o padre Fernando Karadima —os dois negam as acusações. 
Durante uma visita ao Chile no ano passado, Francisco chegou a fazer uma defesa de Barros e a criticar as vítimas do padre, mas depois voltou atrás e pediu desculpas.
Em seguida, ele deu a ordem para o início da investigação, que acabou ampliando o escopo para além do caso de Karadima e culminou no documento divulgado nesta sexta, que levou à demissão coletiva da cúpula chilena. 

REUTERS e ASSOCIATED PRESS

segunda-feira, 14 de maio de 2018

WEB RÁDIO SUPAPO DE ANGELIM RECEBE VISITAS ILUSTRES


WEB RÁDIO SUPAPO, RECEBE EM ESTÚDIO, COORDENADORA CREAS-ANGELIM, ASSISTENTE SOCIAL, PISCÓLOGA E ADVOGADO.

Entrevista  nesta segunda- feira (14) à respeito do dia 18 de maio. Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Em Angelim, na Escola Municipal Miguel Calado Borba, durante todo o dia 17, o Tema será abordado com o alunado a população está sendo convidada a assistir.

Thiale Velozo, Coordenadora CREAS-Angelim; Cyntia, psicóloga; Edna, assistente social e o advogado Vicente Neto, abordaram assuntos relacionados as violações de direitos das crianças e adolescentes, exortando a população e ao mesmo tempo conscientizando, a denunciar qualquer situação de violência especificando a exploração sexual que aflora não só no município como no País inteiro. 

O CREAS de Angelim está apto a receber denúncia, até de casos suspeitos e manterá a autoria dos informantes em absoluto sigilo.

Mais de três mil acessos foram registrados via net, alcançando audiência extraordinária a entrevista, que contou a colaboração do repórter Márcio Cavalcanti.

" Os professores trabalharam desenvolvendo tarefas desde o final do mês passado, até agora com os alunos, e neste dia 17, eles apresentam em forma de teatro, música, cartazes o que  aprenderam sobre o Tema. A equipe do CREAS finaliza, tirando dúvidas e levando também o Serviço de Convivência pra se apresentar e outros materiais. Sabemos que todo ano esse tema é trabalhado. A ação deste ano diferencia, porque não vamos ficar só falando para os alunos, queremos no entanto, que partam deles, o entendimento primeiro. É uma forma de estimular a curiosidade e o desejo de aprender, aliado a teoria e prática com bons princípios.

Daí, faremos uma avaliação no sentido, se o que foi apresentado está coerente ou não, de acordo com a ótica do alunado e o que repassamos". Explicou Thyale de Vasconcelos Velozo - Coordenadora - CREAS-Angelim.

Sr. CARIRI